EaD - Formação de AUXILIAR Fiscal

EaD - Formação de AUXILIAR Fiscal

R$ 390,00
R$ 317,65
ou R$ 270,00 no depósito
. Comprar  
 Formação de AUXILIAR Fiscal
 
Desconto válido somente para depósito bancário
 
Data de Início:  Imediato
Modalidade: 3 Cursos à Distância
Carga-Horária Total:  24 h
 
Material: Enviado por e-mail e/ou plataforma 
Certificado: Enviado por e-mail (conclusão mínimo de 90% da carga-horária total)

Professora Andréa Lacerda
Graduada em Ciências Contábeis pelo Unicentro Newton Paiva e pós-graduada em Auditoria Externa, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atuação por mais de 10 anos no SENAC-MG, na educação presencial e a distância nos cursos de Qualificação, Capacitação e Projetos de Capacitação profissional nas áreas Fiscal, Contábil e Financeira, na Educação à Distância com Comportamental, Contábil e Custos. Também por 03 anos no SENAI em Projetos de Capacitação Profissional e no CDL- FATEC no Projeto Menor Aprendiz e como Palestrante pelo SEBRAE MG. Professora no MBA Contabilidade Tributária com Ênfase no SPED na faculdade Novos Horizontes, nos cursos de Gestão Processos, Recursos Humanos, Administração e Ciências Contábeis da FacisaBH; nos cursos de Ciências Contábeis e Administração na PUC MINAS, nos cursos de Administração e Ciências Contábeis da Unihorizontes.


Veja conteúdo e demais informações sobre cada Curso da Formação
 

EaD - Curso Departamento Fiscal para Iniciantes

Apresentação:
O mercado exige profissionais com conhecimentos específicos na área fiscal/tributária, pois a escrituração fiscal é uma exigência legal e está ligada aos demais setores da empresa. Portanto, os profissionais que atuam na área ou estão diretamente ligados a ela precisam desenvolver habilidades, conhecimentos e atitudes inerentes a área de atuação.
 
Objetivo
O curso tem por objetivo capacitar os participantes para executar rotinas de escrituração fiscal da empresa.
 
Metodologia
O curso será ministrado de maneira que envolva os participantes em situações ativo-participativas, considerando suas habilidades, para conduzi-los ao processo de (re) construção de conhecimentos, preparando-os para formular respostas para as situações que irão se deparar no exercício das atividades.
 
Público-alvo 
Estudantes, contadores, auxiliares fiscais, assistentes fiscais, empresários e demais interessados no tema.
 
Conteúdo programático
 
1. ICMS
1.1. Introdução ao ICMS

1.2. Metodologia de cálculo do ICMS
1.2.1. Imposto por dentro
1.2.1. Imposto seletivo
1.2.2. Imposto não cumulativo
 
1.3. Base de cálculo do Imposto
1.3.1. Valor total dos produtos
1.3.2. Valor do Desconto Incondicional
1.3.3. Valor do frete
1.3.4. Valor do Seguro
1.3.5. Valor de outras despesas acessórias
1.3.6. Valor do IPI
1.3.6.1. Quando o IPI não integra a base de cálculo do ICMS
1.3.6.2. Quando o IPI integra a base de cálculo do ICMS

1.4. Alíquotas aplicáveis
1.4.1. Operações internas
1.4.2. Operações interestaduais
 
2. ICMS/ST 
2.1. Introdução à substituição tributária
2.2. Base de Cálculo da substituição tributária
2.3. Alíquotas utilizadas
2.4. Operações Internas
2.5. Operações Interestaduais
2.6. Acordos
2.6.1. Convênio
2.6.2. Protocolo
 
3. IPI
3.1. Introdução ao IPI

3.2. Metodologia de cálculo do imposto
3.2.1. Imposto por fora
3.2.2. Imposto seletivo
3.2.3. Imposto não cumulativo

3.3. Base de cálculo do imposto
3.3.1. Valor total dos produtos
3.3.2. Valor do frete
3.3.3. Valor do Seguro
3.3.4. Valor de outras despesas acessórias

3.4. Alíquota 
 
4. Diferencial de Alíquotas Operações interestaduais destinadas a Contribuintes 
4.1. Empresa Optante pelo Regime de Débito e Crédito
4.1.1. Cálculo da DIFAL
4.1.2. Responsável pelo Recolhimento

4.2. Empresas optante pelo Simples Nacional
4.2.1. Cálculo da DIFAL
4.4.2. Responsável pelo Recolhimento
 
5. Diferencial de Alíquotas Operações Interestaduais destinadas a Não Contribuintes
5.1. Empresa Optante pelo Regime de Débito e Crédito
5.1.1. Cálculo da DIFAL
5.1.2. Responsável Recolhimento

5.2. Empresas optante pelo Simples Nacional (verificar aplicabilidade de acordo com região de destino)
5.2.1. Cálculo da DIFAL
5.2.2. Responsável pelo Recolhimento
 
6. Atividade Prática - exemplos e exercícios.
 
EaD - Curso ICMS Normal, DIFAL e Substituição Tributária

Apresentação
Com as constantes alterações na legislação surge a necessidade dos profissionais envolvidos em diversas áreas buscar atualização, aprimorar os conhecimentos para cumprir com todas as obrigações. Nesse contexto, o curso aborda as recentes alterações fiscais do ICMS.

Objetivo
O curso tem por objetivo orientar aos participantes sobre as alterações na legislação do ICMS, para tanto, aborda de maneira prática os cálculos dos principais impostos.
 
Metodologia
O curso será ministrado de maneira que envolva os participantes em situações ativo-participativas, considerando suas habilidades, para conduzi-los ao processo de (re)construção de conhecimentos, preparando-os para formular respostas para as situações que irão se deparar no exercício das atividades.
 
Público-alvo
Estudantes, administradores, contadores, profissionais da área fiscal e demais profissionais interessados no tema.

Conteúdo Programático
 
1. ICMS
1.1. Introdução ao ICMS
1.2. Metodologia de cálculo do ICMS
1.3. Base de cálculo do Imposto
1.4. Alíquotas aplicáveis
1.5. Operações internas
1.6. Operações interestaduais
1.7. Cálculo do diferencial de alíquotas
1.8. Operações com IPI
 
2. ICMS/ST 
2.1. Introdução à substituição tributária
2.2. Modelos de Substituição Tributária antecedentes, concomitantes e subsequente
2.3. Base de Cálculo da substituição tributária
2.4. Alíquotas utilizadas
2.5. Operações Internas
2.6. Operações Interestaduais
2.7. Cálculo do diferencial de alíquotas devido por ST
 
3. IPI
3.1. Introdução ao IPI
3.2. Metodologia de cálculo do imposto
3.3. Base de cálculo do imposto
3.4. Alíquota
 
4. Recolhimento do Diferencial de Alíquota do ICMS – Operação entre contribuintes
4.1. Vigência e Aplicação das novas regras
4.2. Responsabilidade do recolhimento da DIFAL
4.3. Diferencial de alíquota – Fornecedor do Simples Nacional
 
5. Códigos fiscais 
5.1. Código de Situação tributária – CST
5.2. Código Fiscal De Operações E Prestações - CFOP 
5.3. Nomenclatura Comum do Mercosul - NCM
5.4. Código Especificador da Situação Tributária - CEST
  
6. Atividade Prática - exemplos e exercícios.
 

EAD -  Curso Escrituração Fiscal do Simples Nacional
CFOP, CEST, CSOSN, DIFAL, FEM, ICMS-ST e Antecipação

Apresentação:
O mercado exige profissionais com conhecimentos específicos na área fiscal/tributária, pois a escrituração fiscal é uma exigência legal e está ligada aos demais setores da empresa. Portanto, os profissionais que atuam na área ou estão diretamente ligados a ela precisam desenvolver habilidades, conhecimentos e atitudes inerentes a área de atuação.
 
Objetivo:
O curso tem por objetivo capacitar os participantes para executar rotinas de escrituração fiscal da empresa, bem como, conhecer as regras que regem o Simples Nacional.
 
Metodologia:
O curso será ministrado de maneira que envolva os participantes em situações ativo-participativas, considerando suas habilidades, para conduzi-los ao processo de (re)construção de conhecimentos, preparando-os para formular respostas para as situações que irão se deparar no exercício das atividades.
 
Público-alvo:
Estudantes, contadores, auxiliares fiscais, assistentes fiscais, empresários e demais interessados no tema.
 
Conteúdo Programático:

1. Introdução ao Simples Nacional

2. Simples Nacional
2.1. Conceitos Gerais
2.2. Vedações ao regime do simples nacional

3. Códigos fiscais 
3.1. Código de Situação da Operação do Simples Nacional - CSOSN
3.2. Código Fiscal De Operações E Prestações - CFOP 
3.3. Nomenclatura Comum do Mercosul - NCM
3.4. Código Especificador da Situação Tributária - CEST
 
4. Operações com mercadorias e serviços
4.1. Notas fiscais de entrada
4.2. Notas fiscais de saída
 
5. Aplicação Prática dos Cálculos de acordo com os anexos
5.1. Simples Nacional
5.1.1. Base de Cálculo

5.1.2. Cálculo do Valor Devido
5.1.2.1. Impostos federais (IR/CS/PIS/COFINS/CPP E IPI)
5.1.2.2. Imposto estadual (ICMS)
5.1.2.3. Imposto municipal (ISS)

5.2. Diferença de alíquota
5.2.1. Base de Cálculo
5.2.2. Exemplo de Cálculo do Valor Devido
  
5.3. Antecipação de alíquota
5.3.1. Base de Cálculo
5.3.2. Exemplo de Cálculo do Valor Devido
 
5.4. ICMS- ST
5.4.1. Base de Cálculo
5.4.2. Exemplo de Cálculo do Valor Devido
5.4.2.1. Aplicação da MVA Ajustada
5.4.2.2. Aplicação da MVA Original
 
6. Atividade Prática - exemplos e exercícios.
 

 
Veja também